A natureza precisa de nós

Blog do Renato Nalini

A Humanidade tem sido cruel com a nature­za. Por inúmeras causas, destacando-se a cupidez e a ignorância, dela temos nos servido como se fora um enorme shopping center gratuito. Apoderamo-nos de tudo o que pode ser convertido em cifrão e não nos preocupamos com repor o tesouro que não fomos nós que produzimos.

Um dos países mais providos de água doce em todo o planeta, não soubemos preservar esse patrimônio. A ocupação desenfreada do solo, o desmatamento, a destinação das cidades para o automóvel, não para as pessoas, tudo contribuiu para redução drástica da quantidade de água disponível.

A conurbação paulistana é um exemplo emblemático. Centenas de riachos e córregos afluíam aos três grandes rios – Tietê, Pinheiros e Tamanduateí – mas o ser humano os enterrou. Cobriu o espaço com asfalto. Os grandes cursos d’água foram poluídos e passaram a ser meio de transporte para dejetos, resí­duos sólidos e…

Ver o post original 536 mais palavras

Anúncios
Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O golpe parlamentar como assalto ao bem comum

Leonardo Boff

Um dos efeitos mais perversos do golpe parlamentar, destituindo com razões juridicamente questionáveis pelos juristas mais conceituados de nosso país e também do exterior, foi impor um projeto econômico-social de ajustes e de modificações legais que significam um assalto ao já combalido bem comum. O golpe foi promovido pelas oligarquias endinheiradas e anti-nacionais que usaram um parlamento de fazer vergonha por sua ausência de ética e de sentido nacional, que por ele pretendem drenar para seu proveito a maior fatia da riqueza nacional. Isso foi denunciado por nomes notáveis como Luiz Alberto Moniz Bandeira, Jessé Souza, Bresser Pereira, entre outros.

Está em curso um desmonte da nação. Isto significa a implantação de um neoliberalismo ultraconservador e predatório que praticamente anula as conquistas sociais em favor de milhões de pobres e miseráveis, tirando-lhes direitos com referencia ao salário, ao regime de trabalho e das aposentadorias além de reduzir e até liquidar…

Ver o post original 701 mais palavras

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Os estudantes querem um outro Brasil e um outro tipo de política

Leonardo Boff

Seria ingênuo pensar que o movimento dos estudantes ocupando escolas e universidades se esgota na crítica de um dos mais vergonhosos projetos já havidos, da reforma do ensino médio ou no protesto contra a PEC 241 da Câmara e agora PEC 55 do Senado, PEC da brutalização contra os mais vulneráveis da nação. O que se esconde atrás das críticas é algo mais profundo: a rejeição do tipo de Brasil que até agora construimos e de política, corrupta feita por parlamentares em proveito próprio. Junto vem o lado mais positivo: a demanda por uma outra forma de construir o Brasil e de reinventar uma democracia, não de costas para o povo, mas com ele particpando nas discussões e decisões das grandes questões nacionais.

Já abordei neste espaço este tema, a propósito do movimento dos jovens de 2013. Este movimento retorna com mais vigor e mais capacidade de se impôr aos…

Ver o post original 858 mais palavras

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Política como cuidado para com o povo

Leonardo Boff

Já passaram as eleições municipais dentro de um contexto político dramático, com um governo federal com baixa credibilidade e com legitimidade discutível.O ideario dos grupos progressitas não conseguiu conquistar os eleitores. Houve considerável número de votos brancos, nulos e abastenções, que no total superarou os votos do candidato vitorioso no primeiro turno da cidade de São Paulo. Isso vem mostrar o desinteresse generalizado pela política que se tornou para muitos lugar do sujo, da desmoralização e da corrupção.

Com efeito grande parte dos políticos visam a chegar ao poder por interesses e uma vez no poder, a promover a reeleição. Muitos deles não vivem para a política mas da política. Deforma-se assim a natureza da política como busca comum do bem comum. Pior, o político interesseiro se coloca acima do bem e do mal. Só faz o bem quando possível e o mal sempre que necessário.

Mas importa denunciar: trata-se…

Ver o post original 738 mais palavras

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Golpe de 1964 e golpe de 2016: a mesma natureza de classe

Leonardo Boff

Entre o golpe de 1964 e o golpe de 2016 há uma conaturalidade estrutural. Ambos são golpe de classe, dos donos do dinheiro e do poder: o primeiro usa os militares, o outro o parlamento. Os meios são diferentes mas o resultado é o mesmo: um golpe com a ruptura democrática e violação da sobernia popular.

Vejamos o golpe de 1964. René Armand Dreifuss em sua monumental tese na Universidade de Glasglow: “1964: a conquista do Estado, ação política, poder e golpe de classe” (Vozes 1981), um livro de 814 páginas das quais 326 são de documentos originais, deixou claro: “o que houve no Brasil não foi um golpe militar, mas um golpe de classe com uso da força militar”(p.397).
O assalto ao poder de Estado foi tramado pelo general Golbery de Couto e Silva utilizando-se de quatro instituições que difundiam a ideia do golpe: o Instituto de Pesquisas e…

Ver o post original 766 mais palavras

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

De tempos em tempos a plutocracia brasileira tenta um golpe

Leonardo Boff

A plutocracia brasileira (os 71.440 mil milhardários segundo o IPEA) possui pouca fantasia. Usa os mesmos métodos, a mesma linguagem, o mesmo recurso farisaico do moralismo e do combate à corrupção para ocultar a própria corrupção e dar um golpe na democracia e assim salvaguardar seus privilégios. Sempre que emerge uma democracia com abertura ao social se enchem de medo. Organizam um conluio de forças que envolve setores da política, do judiciário, do MPF, da PF e principalmente da imprensa conservadora e até reacionária como é o caso do conglomerado de O Globo. Assim fizeram com Vargas, com Jango e agora com Lula-Dilma. A sessão de 04/08/ no Senado, mostrou a farsa montada pela oligarquia que usou os senadores como os soldados civis previamente bem instruídos, para aplicar um funesto golpe contra a razão sensata e contra democracia.

Numa entrevista à Folha de São Paulo (24/04/2016) escreveu acertamente Jessé Souza…

Ver o post original 673 mais palavras

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Tríplex no Guarujá: “Grande mídia seletiva” requenta notícia para atacar Lula novamente

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário