Tudo pela metade

Blog do Renato Nalini

O retrocesso ambiental brasileiro é um fato. Depois da belíssima redação do artigo 225 da Constituição de 1988, a Eco-92 e a Ministra Marina Silva, “grife verde” a seduzir o mundo, retrocedemos até na principiologia. Não foi só a revogação do Código Florestal.

É o descaso em relação ao verde, pelo qual estamos pagando um preço caro e as próximas gerações continuarão e sofrer pela crescente crise hídrica. O discurso continua edificante. Para impressionar americanos, comprometeu-se a República tupiniquim a zerar o desmatamento ilegal até 2030. Como se daqui a 15 anos estivessem a sobrar espaços que não os desertos hoje constatáveis.

Mas mesmo essa promessa é incompleta. O Brasil só falou em Amazônia. Isso significa que os demais biomas estão fora da promessa. Podem continuar a ser devastados. Não aprendemos com os que já devastaram sua cobertura vegetal e agora lamentam a falta que ela faz. O povo americano…

Ver o post original 219 mais palavras

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s